sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Discreta, ela aparece, me deixa feliz



Ela tem que abrir caminho entre os fios de eletricidade, entre as nuvens, entre a cegueira generalizada da humanidade...

Minha amiga se chama Lua e está quase sempre comigo...quase sempre porque às vezes se cansa de ter que chamar a atenção dos seres humanos para que olhem para o céu e contemplem sua beleza. Ela se esconde então, mas não deixa de estar ali, brilhando! Ultimamente quem quer aparecer mais são as nuvens brincalhonas (sentem inveja porque não podem refletir a luz da mesma forma mágica que ela), mas ela, humildemente e aos poucos, vai retomando seu posto de atriz principal da noite terrena. Me acompanha nas longas caminhadas, me energiza, me alivia. Recomendo conversar com ela!

Hoje aconteceu algo tão sincrônico quanto o dia em que fiquei numa linha de divisão de chuva...tive um sonho gostoso, em que havia um mar aberto, azulíssimo, quase transparente, pessoas conhecidas que mergulhavam comigo...em certos momentos me sentia como naqueles sonhos obscuros que acontecem e nos que a gente fica assustado. Mas logo eu me sentia bem, e, no fundo do mar, eu conseguia enxergar estranhas portas de ferro, como escotilhas; lá mesmo, eu pulava de um muro e "quicava" no chão, pulando muito alto e me sentindo como em outros sonhos corriqueiros, voando e abrindo um sorriso enorme. Em seguida bati numa parede e caí no chão, dessa vez de forma violenta, e recostei a cabeça como que no fim da vida. Mas...eu estava muito feliz!! E pensei comigo mesma "agora posso morrer/acordar" - houve uma (con)fusão de sentimentos. O incrível foi que nessa hora senti que o sonho acabou, que não haveria outra maneira de continuar se não acordando. No momento em que pensei "agora posso acordar" o despertador tocou. Tocou e tocou e eu acordei de olho fechado e aproveitei até o final aquela sensação de sincronicidade. Sim, foi mágico, como a lua cheia do fim da tarde.

Um comentário:

  1. sincronismos às vezes surpreendem.
    tens uma boa companheira.
    =)

    ResponderExcluir