terça-feira, 29 de junho de 2010

Esquecimento

De nada adiantaram as palavras ditas e re-ditas, novamente se esquece do que decidiu sentir.

Olhou para o relógio: parado novamente. Sempre esquecia de ajustá-lo, sempre achava estar com tempo suficiente, mas sempre chegava atrasada aos compromissos. Pegou algumas fotos velhas que jaziam sobre a escrivaninha e começou a observar...em todas aparecia de olhos fechados. O que aquilo queria dizer? Exatamente não enxergava o que se passava em sua vida, não via as lições que deveria aprender com os problemas que enfrentava. Seguia guiando-se no escuro, cega e muda, pois não se comunicaria com ninguém até atingir a perfeição humana (uma promessa feita ao nascer).

Guardou as fotos, em alguns instantes adormeceria ao som de trombetas e sinos.

Um comentário:

  1. Tá se esquecendo é?
    Sardinha, dizem que tem omega 3, ótimo pra falta de memória.

    ....Mas também já me falaram de outras coisas, ainda me custa lembrar ao certo o que era.

    ResponderExcluir