sábado, 25 de setembro de 2010

(R)imáculo

Silenciei
Meu peito silenciou-se de uma perfeita harmonia
Suave brisa do amor
Aos tolos enfastia
A mim, poesia.

(Os poetas mais sinceros são aqueles que falam do que todo o mundo já sabe)

Nenhum comentário:

Postar um comentário