quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Verde

Para entender o mar não basta saber por onde vão suas correntes, não basta medir sua profundidade, não basta conhecer a quantidade de peixes que nele habitam. Não basta apenas sentir o gosto do sal, observar sua imensidão...é preciso se deixar levar pela correnteza, é preciso navegar.

Para entender o mar, talvez, seja até preciso se afogar.

Um comentário: