sexta-feira, 26 de julho de 2013

Vazão

Medo de mim
do que posso ver e não quero
medo de ver tudo
medo de ser

Ai, do medo!

E medo de medo?
Aí sim fica complicado.

Escape

Porque não viemos com manual de instruções
Porque não sabemos viver, a não ser vivendo
Porque aprendemos no caminho a caminhar melhor
Porque ainda estou engatinhando.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Parto

Parte de mim à parte
em partes, porque ainda parto em busca de uma parte sua
durante o parto mais longo: a partida
em que partes meu peito em partes
e sobra um nada de vida.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Um tchau.

Do meu planeta
sigo o rumo do nada
em meu sorriso pra dentro, sorrindo pra mim
o melhor sorriso que tenho, pois me aproveito
e de tiro proveito
em teu peito
logo acima do diafragma
pra dificultar a leitura do ar

Que universos me acalmam?
Que universos me têm?
O meu, o nosso planeta
sem plateia, inventa
nosso vácuo de tédio ao respirar
nossa linha de vidas, meu mar
tua cara inventada ao cantar.



segunda-feira, 1 de julho de 2013

Deserto

O espaço entre eu e teu beijo
O espaço entre nós, desata de repente
O vazio é o medo 
entre você e minha sede.